Sérgio Cabral ainda aguarda transferência

Não está definido se transporte será em avião da PF ou mesmo em voo comercial

Por Reportagem da estagiária Nadedja Calado sob supervisão de Max Leone.

Deputado Marco Antônio Cabral visitou o pai no último sábado
Deputado Marco Antônio Cabral visitou o pai no último sábado - Rodrigo Menezes/Parceiro/Agência O Dia

O ex-governador Sérgio Cabral ainda aguarda transferência da Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, para o Presídio Federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Ele recebeu a visita de familiares na manhã do último sábado, entre eles o filho e deputado federal Marco Antônio Cabral (PMDB-RJ). Em nota, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) confirmou que a transferência deve ser feita nos próximos dias, e que "por questões de segurança, a data exata não será informada".

Ainda não se sabe se a transferência será feita em avião da Polícia Federal ou em voo comercial. Não existem rotas diretas a Campo Grande - percurso oferecido por empresas aéreas é feito com pelo menos uma escala (Brasília, Curitiba, São Paulo, Campinas, Cuiabá e BH).

Também no sábado, protesto de bombeiros em frente à cadeia comemorou a transferência. "Agora chegou a sua vez. Acabou a moleza. Vai encarar o presídio federal, agora você vai pagar tudo o que você fez no estado do Rio de Janeiro", gritou o ex subtenente Valdelei Duarte, expulso da Corporação em 2012, após participação em um movimento grevista, na gestão de Cabral.

Na sexta, o STJ indeferiu o pedido de habeas corpus da defesa e manteve a transferência, determinada pelo juiz federal Marcelo Bretas.

Galeria de Fotos

Deputado Marco Antônio Cabral visitou o pai no último sábado Rodrigo Menezes/Parceiro/Agência O Dia
Batalhão de Choque apreendeu armas e drogas ontem na Rocinha DIVULGAÇÃO

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro