Briga de foice entre os poderes do país

Por O Dia

Uma briga de foice no escuro foi a imagem deixada pelos senadores nos 'trabalhos' para decidir se adiavam ou não a votação sobre o afastamento de Aécio Neves, determinado pelo Supremo. Os pronunciamentos de Renan Calheiros e Jader Barbalho foram suficientes para confirmar a existência de um corporativismo disfarçado entre os poderes. Ver Renan dizendo que era melhor dissolver o Congresso e entregar a chave ao STF e Barbalho afirmando que o STF não é mais importante que o Congresso deixou o povo dizendo: "Há algo de podre entre os poderes, a solução é uma intervenção urgente". Acorda, FFAA.

Leônidas Marques

Volta Redonda

Comentários