Lama, poeira e alagamentos são rotina na Rua Manuel Jorge da Costa  - fotoS: divulgaçaõ
Lama, poeira e alagamentos são rotina na Rua Manuel Jorge da Costa fotoS: divulgaçaõ
Por O Dia

Dias de poeira ou alagamentos, assim é a realidade dos moradores da Rua Manuel Jorge da Costa, no bairro Jardim da Glória, em Duque de Caxias. Sem asfalto e saneamento básico, a situação é precária.

"Estamos vivendo em abandono, se esqueceram de nós. A rua está esburacada, quando chove fica difícil sair, tenho que esperar a água baixar, é lama que não acaba mais", relata Marcos Paulo, que mora no local há seis anos.

Quando vem a chuva o medo dos moradores aumenta. Em dias assim, é comum a água invadir as casas, pois o canal que fica na rua transborda. Muitos já perderam móveis e eletrodomésticos por causa das enchentes. "A gente batalha para comprar nossas coisas e a enchente destrói. Muitos vizinhos já se mudaram por causa disso. Minha casa foi feita bem alta para evitar enchentes, mas a rua alaga e corremos risco de contrair alguma doença", desabafa Rachel Souza, que mora há 22 anos no local. 

Em dias de sol o problema é outro: a poeira. "É horrível, a casa não para limpa. Tem gente que está passando mal com alergia por conta disso. Tudo o que queremos é viver com dignidade", diz Marcos Paulo.

A Prefeitura de Duque de Caxias informou que a Secretaria Municipal de Obras está fazendo o levantamento das necessidades dos bairros de todos os distritos, principalmente no que se refere a saneamento básico e pavimentação. Todas as demandas serão incluídas no Plano Municipal de Saneamento Básico, para que sejam executados a partir de 2018, com recursos do Ministério das Cidades e do Governo do Estado. 

Você pode gostar
Comentários