Saiba a maneira correta de se acomodar nos bancos do carro

Posição ao sentar é fundamental para garantir viagem agradável e segura, para motorista e passageiro

Por O Dia

Uma postura correta para dirigir gera menos fadiga, além de proteger melhor os ocupantes em caso de batida
Uma postura correta para dirigir gera menos fadiga, além de proteger melhor os ocupantes em caso de batida - Reprodução Internet

Andar de carro requer que os ocupantes estejam confortavelmente acomodados nos bancos, sejam motorista ou passageiros. Tal medida, além de proporcionar uma viagem mais agradável, ainda a deixa mais segura. A consciência que as pessoas devem ter é que conforto não significa se sentar fora de posição, jogado, largado como, por exemplo, apoiar os pés no painel ou manter o encosto do banco excessivamente reclinado situações em que há risco de lesão grave.

Segundo orientação do Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil), a postura adequada ao se sentar é a que oferece conforto, reduz o desgaste físico do indivíduo e permite maior eficiência do cinto de segurança e do airbag na hipótese de um impacto, caso eles sejam necessários. Quem vai dirigir deve manter braços e pernas levemente flexionados ao segurar o volante e acionar os pedais. Uma boa referência é esticar o braço colocando o punho sobre a parte superior do volante. Em seguida, o condutor deve apoiar bem o corpo no assento e as costas no encosto do banco, ajustar o apoio de cabeça de modo a coincidir o centro desse apoio com a altura dos olhos. O apoio de cabeça ajuda a evitar o deslocamento excessivo da cabeça para trás nos casos de impactos traseiros, reduzindo as chances de lesões na coluna.

Durante a condução, o motorista deve procurar manter os calcanhares apoiados no assoalho do veículo. Sua posição deve ser de tal modo que seja possível ver as informações no painel de instrumentos. Para veículos com câmbio manual, deve-se evitar apoiar o pé no pedal da embreagem quando não for trocar de marcha. Com o volante, o ideal é segurá-lo com as duas mãos, posicionando-as na forma de '9 horas e 15 minutos', ou seja, nas extremidades horizontais. Nem é preciso mencionar que o uso do cinto de segurança é obrigatório.

PASSAGEIRO

Quem vai curtindo a viagem também deve apoiar bem o corpo no assento e as costas no encosto do banco, ajustar o apoio de cabeça, tanto de quem está no carona assim como quem está acomodado atrás. Uma observação importante: o banco deve ser posicionado de modo que coincida com a coluna da porta, pois em caso de batida transversal, a barra da coluna poderá oferecer mais proteção ao passageiro.

O carona nunca deve apoiar os pés no painel, pois, em caso de batida, os ferimentos podem ser fatais. Basta pensar em como seria tal situação com a deflagração do airbag. O cinto de segurança também segue sendo de uso obrigatório, para todos os ocupantes, inclusive do banco traseiro ele está ali, nas três posições, para ser utilizado.

Por fim, os ocupantes também podem consultar o manual do proprietário do veículo para mais informações sobre o ajuste do banco e ergonomia.

Galeria de Fotos

Uma postura correta para dirigir gera menos fadiga, além de proteger melhor os ocupantes em caso de batida Reprodução Internet
A posição '9h15' de dirigir: mãos nas extremidades horizontais Reprodução Internet
O cinto de segurança deve ser utilizado em todas as posições no carro, inclusive no banco traseiro Reproduções da Internet
O Ford Ka é o carro do cliente José Luiz, que alega que não teve o conserto de duas peças solicitado para a concessionária Roma Ford na revisão de 20 mil km do veículo Divulgação

Comentários

Últimas de Automania