José Dirceu dança em festa da esposa e causa polêmica

Por O Dia

José Dirceu é livre para frequentar festas, desde que em Brasília
José Dirceu é livre para frequentar festas, desde que em Brasília - Reprodução do YouTube

O aniversário da mulher do ex-ministro José Dirceu, em Brasília, teve animação e muito samba no pé, conforme vídeo realizado na festa por um convidado. As cenas fervilharam nas redes sociais, que compartilharam vídeo 'vazado' com títulos como "Dirceu samba na cara do povo brasileiro".

O advogado Roberto Podval, que defende o ex-ministro, informou que Dirceu estava no aniversário da mulher e tem o direito de comparecer à festa. "Ele está em liberdade e tem o direito de comemorar."

Durante a comemoração, o petista, condenado na Operação Lava Jato, dançou ao lado da esposa, rodeado de amigos e encontrou o ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT), condenado no Mensalão e anistiado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Desde maio, quando foi colocado em liberdade pela Corte máxima, Dirceu cumpre medidas cautelares impostas pelo juiz federal Sérgio Moro. Uma delas, o uso de tornozeleira eletrônica.

José Dirceu foi sentenciado pelo magistrado em duas ações penais da Lava Jato. Em uma delas a 30 anos e nove meses de prisão por corrupção, lavagem e de pertinência a organização criminosa.

Em outro processo, o petista pegou 11 anos e 3 meses de prisão. Neste, Dirceu foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro por R$ 2,1 milhões em propinas para favorecer a contratação da empresa Apolo Tubulars pela Petrobras no esquema de corrupção da estatal.

Comentários

Últimas de Brasil