Quarteto petista

.

Por O Dia

O Instituto Lula sediou no sábado importante reunião que delimitou projetos eleitorais de quatro nomes do PT para 2018. Lula, Luiz Marinho, Eduardo Suplicy e Fernando Haddad conversaram por meia hora à noite. Ficou decidido que Lula é o candidato a presidente. Neste caso, Haddad e Suplicy correm pelo Senado por São Paulo, e Marinho concorrerá ao governo paulista. Não há plano B, por ora.

É pra valer

O senador Cristovam Buarque (DF), que se licenciará do Senado por meses, monta agenda de conversas com expoentes pelo país. Ele é o plano do PPS para o Planalto.

É pra valer 2

Wilmar Lacerda (PT), suplente de Buarque, entrou na mira do senador Magno Malta. É acusado de fazer sexo com menor em troca de lanche. Wilmar diz que não sabia a idade.

Armas em punho

Enquanto os EUA debatem há anos um freio na venda disparada de armas muitas usadas em atentados provocados por americanos , o Brasil está prestes a balear o Estatuto do Desarmamento. A CCJ do Senado vai analisar parecer do senador Sérgio Petecão (PSD-AC) do PLS 378/17 que libera o porte de arma para maiores de 18 anos.

Veloz como tiro

Pelo texto, basta o cidadão apresentar laudo psicológico. Desde 2003 o Brasil proíbe o porte de armas (liberado somente para agentes de segurança). O projeto, de autoria do senador Wilder Morais (PP-GO), teve tramitação célere em menos de dois meses. Wilder é de Goiânia, onde mês passado um adolescente matou dois a tiros numa escola.

Apoio popular

Na escalada da violência diária, o PLS tem amplo apoio popular pelo menos no portal do Senado, mais de 102 mil pessoas indicam apoio à proposta, e 13 mil votaram contra. No parecer, Petecão menciona estatísticas desatualizadas de 2008 ao ponderar que estados com menos armas registradas possuíam as maiores taxas de homicídios.

Bandeira

Jorge Mautner cedeu ao PCdoB os direitos da canção 'A bandeira do meu partido', composta por ele em 1958. A música será tocada nos eventos oficiais do partido.

Sinais

O delegado Sandro Avelar, novo diretor-executivo da PF, não renunciou ao cargo de presidente da Fenadepol, como esperado. Pediu licença de seis meses, apenas. Avelar, hoje o nº 2 da PF, foi candidato a deputado federal no DF pelo PMDB de Temer.

Paisagem

Aliás, climão na posse do novo diretor-geral da PF na segunda. O presidente Temer fez cara de paisagem ao ser ignorado pelo delegado Daiello, que deixou o cargo.

Campo minado

Líderes do Centrão minam a indicação do atual presidente do Sesi, João Henrique Sousa, para articulador político da Presidência, embora o preferido do presidente Temer. Para a base, Sousa não tem "peso político" para negociar votos no Congresso.

'Saidão'

Aprovado na Câmara, o projeto que muda regras do 'saidão' divide opiniões na CCJ do Senado. Lasier Martis (PSD-RS) diz que a lei brasileira é "demasiadamente benévola com sentenciados". Jorge Viana (PT-AC) teme o "justiçamento" que o Brasil vive".

Turma acordou

A Reforma Trabalhista deu um sacode na cúpula do Sindicato dos Bancários do DF. Quando alguns deles eram membros remunerados do Conselho do BRB, não levantaram a bandeira do concurso público como a fazem agora.

Jetom

De 2011 a 2014, os dirigentes do sindicato dos bancários membros do Conselho do BRB receberam cerca de R$ 900 mil em jetons. Eram R$ 6 mil para comparecer em reuniões.

Consciência Negra

A Fazenda São Luiz da Boa Sorte homenageou o Dia da Consciência Negra com a apresentação de grupos culturais de teatro e música e visitas ao Museu do Café, em Vassouras, com o apoio do Instituto Preservale. O projeto da fazenda, 'Viagem ao tempo dos Barões e escravos', foi premiado pelo Iphan.

Comentários