CARNE COM PROBLEMAS NA RÚSSIA

Por O Dia

As carnes suínas e bovinas brasileiras podem deixar de ser importadas pelo mercado russo. A vigilância sanitária do país avalia a possibilidade de proibir a comercialização dos produtos após ter encontrado o aditivo alimentar ractopamina em alguns embarques. A ractopamina é proibida na Rússia, embora alguns países considerem que é segura para consumo humano.

Para o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, a decisão da Rússia não tem relação com a Operação Carne Fraca e que "com certeza" o problema identificado pelos russos não é grave.

Rússia aumentou as restrições para a carne brasileira nos últimos dias de outubro. A autoridade sanitária russa proibiu temporariamente a importação de um frigorífico brasileiro e impôs controles sanitários mais rígidos a outros cinco.

Comentários

Últimas de Economia