Além da primeira parcela do 13º, o prefeito  Marcelo Crivella liberou R$ 220 milhões para Saúde      - Estefan Radovicz/Agência O Dia
Além da primeira parcela do 13º, o prefeito Marcelo Crivella liberou R$ 220 milhões para Saúde Estefan Radovicz/Agência O Dia
Por

A Prefeitura do Rio confirmou ontem que vai pagar a primeira parcela do décimo terceiro salário dos servidores municipais no próximo dia 30 de novembro. Ao todo, serão creditados cerca de R$ 400 milhões para quitar o abono de Natal de 170 mil funcionários da Administração Direta, entre ativos, inativos e pensionistas, e para os 30 mil da Administração Indireta.

A primeira parte do benefício corresponde a 50% do valor bruto recebido por cada servidor mensalmente. Os descontos previdenciários e relativos ao Imposto de Renda (IR) não incidem nessa primeira parcela, e só serão descontados na complementação do 13º, que de acordo com a Lei, deve ser efetuada até o próximo dia 20 de dezembro.

RECURSOS PARA A SAÚDE

A Secretaria Municipal de Saúde vai receber R$220 milhões em recursos, sendo que R$58 milhões foram remanejados para o pagamento dos salários do pessoal das Organizações Sociais (OSs) relativos a outubro. Para o próximo ano, a pasta deve contar com mais R$ 553 milhões, de acordo com a alteração efetuada na Proposta de Lei Orçamentária de 2018 (PLOA 2018).

Além disso, também foi aberto crédito suplementar de R$ 25,7 milhões, por meio do decreto 43.903, publicado no DO de 23 de outubro, que está sendo usado para a compra de insumos e medicamentos.

Você pode gostar
Comentários