Procon-RJ autua lojas durante a Black Friday

Por O Dia

A Black Friday levou clientes para os principais centros comerciais do Rio. Ontem, o Procon-RJ autuou nove das 27 lojas fiscalizadas no comércio do Centro do Rio e em quatro shoppings da cidade.

Uma das principais irregularidades foi encontrada em filiais de uma grande rede de varejo, no Centro e na Zona Norte. Segundo os fiscais, as lojas ofereciam preços promocionais, mas que eram os mesmos cobrados dias atrás. As irregularidades em descontos que na verdade não existiam também foram constatadas em outras lojas e sites da de redes varejistas.

A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério (Senacon-MJ) divulgou ontem que foi aberta a primeira investigação da Black Friday. A finalidade será apurar indícios de aumentos de preços injustificados pelas lojas.

Segundo o ministério, dados de uma reportagem publicada no jornal 'Folha de S.Paulo' sobre monitoramento de preços no período que antecedeu a Black Friday motivaram a abertura da primeira averiguação da Senacon-MJ. Um levantamento da Awin apontou que os smartphones lideraram a lista de vendas, com 40%, e em segundo lugar, com 30%, os eletrodomésticos.

Comentários

Últimas de Economia