Niterói: cidade que mais cresceu no setor de franquias

Por O Dia

No Rio de Janeiro, as microfranquias que permitem ao empreendedor trabalhar de casa seguem um modelo de negócios adotado por 34 marcas, que respondem por 207 unidades no estado. O levantamento, feito pela ABF-Rio de julho a setembro deste ano, se refere a empresas associadas ou ex-associadas à instituição. Há opções nas áreas de Marketing, Turismo, Vendas, Recursos Humanos, Jardinagem, Saúde e Consultoria, entre outras.

No cenário nacional, levando-se em consideração todos os modelos de franquias, Niterói foi a quarta cidade do país que mais cresceu em número de unidades no primeiro semestre deste ano. O estudo foi feito pela ABF e levou em conta os 30 municípios brasileiros com maior representatividade no setor de franquias. Niterói registrou a atuação de 245 marcas e 631 unidades. Para Eliane Bernardino, presidente da ABF-Rio, o protagonismo de Niterói pode ser explicado pela 'resiliência do sistema fluminense ante a instabilidade econômica do estado'. "Niterói continua sendo uma das melhores cidades em qualidade de vida", completa.

Comentários