Chances de Natal

Estimativa de aumento nas vendas de fim de ano impulsiona vagas temporárias. No setor de supermercados, escola prepara profissionais

Por O Dia

Um dos setores que puxam as vendas e contratações no Natal é o do varejo de alimentos. No segmento de hiper e supermercados, o volume de vendas deve atingir o patamar de R$ 11,6 bilhões em todo o país. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) que, a reboque do aumento de 4,8% das vendas em relação ao Natal passado, prevê a contratação de 10,3 mil profissionais para o setor neste ano. Para qualificá-los, a Escola da Associação de Supermercados do Rio de Janeiro (Asserj) abre cursos específicos para o atendimento no Natal (confira no quadro ao lado).

No Rio, a rede Inter Supermercados divulgou a abertura de 120 vagas para o período do Natal. As oportunidades são para os cargos de operador de caixa, carregador e repositor. Segundo Ângela Teixeira, coordenadora pedagógica da Escola Asserj, os hiper e supermercados costumam aumentar suas equipes de profissionais em cerca de 40% no fim de ano.

"Devido a um momento delicado da economia, esse número pode diminuir um pouco. Mas, de uma forma geral, as equipes precisam de um reforço para acompanhar o aumento do consumo", diz Ângela Teixeira.

Mesmo com o aumento do fluxo de clientes nos supermercados e promoções, Ângela acredita que o aumento das vendas no Natal passa necessariamente pela atuação de profissionais qualificados. No Natal, segundo a coordenadora pedagógica, há alguns detalhes específicos que os profissionais precisam dominar para atingir bons resultados e impulsionar as vendas.

Neste mês de novembro, a Escola Asserj está com vagas abertas para quatro cursos específicos para o período. As aulas são para gerentes, caixas, profissionais de atendimento e de marketing, locutores e supervisores e coordenadores de operação. As vagas são abertas ao público.

Comentários