Chapecoense concorre ao Oscar do esporte

Clube é indicado na categoria Melhor Momento Esportivo do Prêmio Laureus

Por O Dia

Quase um ano depois da tragédia que vitimou 71 pessoas em Medellín, às vésperas da decisão da Copa Sul-Americana, a Chapecoense pode ganhar outro título. Mas desta vez fora dos gramados. O clube foi indicado para concorrer ao Prêmio Laureus, considerado o Oscar do esporte mundial, na categoria Melhor Momento Esportivo, por sua ressurreição nos gramados. Alan Ruschel, um dos sobreviventes do acidente, será homenageado na cerimônia de premiação, que acontecerá em fevereiro de 2018.

A votação é aberta ao público no site myLaureus.com e vai até o fim do mês de novembro. No vídeo feito sobre a Chape, a organização do evento exibe o depoimento dos sobreviventes Neto, Jackson Follmann, Alan Ruschel e do jornalista Rafael Henzel e exalta o fato de o time ter conquistado o Campeonato Catarinense seis meses depois da tragédia.

Também concorrem na mesma categoria do Prêmio Laureus as histórias do arqueiro americano Matt Stutzman, que não tem os dois braços e é medalhista paralímpico e campeão em seu país; do sul-africano Luvo Manyonga, campeão mundial de salto em distância e que largou o vício em drogas; do pequeno torcedor Mark Smith, cego e apaixonado por futebol australiano; a do Crotone, time da Série A do Campeonato Italiano, que na temporada passada escapou do rebaixamento no último jogo; e a do ex-jogador de rúgbi inglês Adam Rolston, que percorreu mais de 2.000 km nas regiões mais remotas da Mongólia jogando golfe.

A entrega do Laureus será em Berlim, na Alemanha.

Comentários

Últimas de Esporte