Duelo pelo G-4 do Brasileiro

Com campanhas aquém das esperadas, Flamengo e Palmeiras se enfrentam hoje

Por O Dia

Um duelo que na teoria poderia definir o campeão do Brasileiro, mas que, na prática, está bem distante disso. Donos dos dois elencos mais badalados do futebol nacional, Flamengo e Palmeiras se enfrentam hoje, às 17h na Allianz Parque, bem distantes do líder Corinthians e só restando a eles buscar um lugar no G-4. Muito pouco para o investimento e a expectativa depositados nos dois.

Em função das campanhas decepcionantes, os dois clubes também estão pressionados por seus torcedores, insatisfeitos com os resultados. No Palmeiras, os jogadores foram em grupo participar da coletiva na sexta-feira numa tentativa de se mostrarem unidos pelo prêmio de consolação. No lado do Flamengo, ainda há a possibilidade da conquista de um título na Copa Sul-Americana, mas, ainda assim, o elenco rubro-negro está em busca de pelo menos um fim honroso no Campeonato Brasileiro.

E, para isso, o Rubro-Negro precisa vencer o Palmeiras hoje para se se aproximar e ficar a apenas um ponto do rival paulista, atualmente o quarto colocado e último a garantir uma vaga na fase de grupos na Libertadores.

"A gente sabe que está devendo, mas, com trabalho, tenho certeza de que poderemos dar alegrias para a torcida. Futebol se decide dentro de campo e nem tudo sai como a gente quer", afirmou Renê, que ganhará uma chance entre os titulares com a ausência de Trauco, com a seleção peruana.

Mas a missão rubro-negra não será fácil. Além de jogar fora de casa, o Flamengo tem desfalques importantes: Guerrero, Trauco e Diego. Pelo menos, Juan está de volta à zaga.

PERDAS EM SÉRIE

Depois do diretor financeiro Paulo Dutra, a diretoria do Flamengo sofreu mais duas baixas importantes. Nomes de peso da gestão Eduardo Bandeira de Mello, os vices presidentes Edmilson Varejão e Rafael Strauch deixaram seus cargos por conta de compromissos pessoais. Os dois fazem parte do grupo político do presidente rubro-negro.

Comentários

Últimas de Esporte