Só o começo foi bom

Tricolor sai na frente, mas expulsão de Marlon e falhas defensivas pesam muito na derrota para o Cruzeiro

Por O Dia

Belo Horizonte - 12/11/2017 - MINEIRÃO.Cruzeiro x Fluminense se enfrentam nesta noite pela trigésima quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2017..FOTO NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C...IMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulgação, seu uso comercial está vetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club...IMPORTANT: image intended for institutional use and distribution. Commercial use is prohibited unconditionally by its author and Fluminense Football Club
Belo Horizonte - 12/11/2017 - MINEIRÃO.Cruzeiro x Fluminense se enfrentam nesta noite pela trigésima quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2017..FOTO NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C...IMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulgação, seu uso comercial está vetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club...IMPORTANT: image intended for institutional use and distribution. Commercial use is prohibited unconditionally by its author and Fluminense Football Club - Divulgação Fluminense

Inegável que a expulsão de Marlon aos 10 minutos da segunda etapa acabou sendo determinante. Ainda assim, não é justo creditar outra derrota do Fluminense somente a isso. Afinal, o primeiro gol do Cruzeiro saiu de uma tabela no meio de três jogadores tricolores e o segundo, em mais um cruzamento para a área (foi o 40º sofrido no ano nessa situação de um total de 91). De qualquer jeito, o Flu caiu para o 13º lugar com os 3 a 1 no Mineirão e agora pegará o líder Corinthians podendo ser campeão, no Itaquerão.

Até a expulsão, o Fluminense jogava de igual para igual contra um Cruzeiro desinteressado. Logo aos seis minutos, o Tricolor abriu o placar com Pedro, aproveitando chute errado de Gustavo Scarpa, mas os mineiros empataram aos 16, em finalização de Lucas Romero que desviou em Henrique e encobriu Cavalieri.

A partida ia se arrastando com chances desperdiçadas pelos dois lados até que, aos 10, a bola tocou na mão de Marlon em contra-ataque do Cruzeiro. A falta ficaria de bom tamanho, mas o árbitro André Luiz de Freitas mudou de ideia e deu o segundo amarelo ao lateral. Para piorar, na sequência, Diogo Barbosa apareceu sozinho no cruzamento e marcou aos 12. Os jogadores tricolores reclamaram muito do lance.

Com um a menos, o Fluminense se despedaçou. Abel Braga demorou a mexer, colocou Scarpa na lateral e o Cruzeiro tomou conta do jogo. Rafael Sobis perdeu gol incrível diante de Cavalieri, mas era questão de tempo para o terceiro, que saiu aos 26 com Thiago Neves. O meia comemorou timidamente.

Só então Abelão mudou o Flu, que se organizou, tomou menos sustos, mas a derrota já estava sacramentada.

Comentários

Últimas de Esporte