FLAMENGO

Por O Dia

DIEGO ALVES: Quase não tinha sido exigido quando se contundiu e precisou ser substituído. NOTA 5,5

ALEX MURALHA: Sofreu o gol 54 segundos após entrar em campo. De resto, levou alguns sustos. NOTA 5,5

PARÁ: Não conseguiu impedir a jogada de fundo no lance do gol. No apoio, esteve tímido. NOTA 5

RÉVER: Muito bem posicionado, conseguiu afastar o perigo sempre que solicitado. NOTA 6,5

JUAN: Perdeu a disputa no lance do gol colombiano, mas fez o gol da vitória do Flamengo. NOTA 7

TRAUCO: Inspirado, cobrou escanteio com precisão para Juan empatar o jogo r e começou a jogada do segundo gol. NOTA 7

WILLIAN ARÃO: Colaborou nas jogadas ofensivas pelo lado direito e, de cabeça, fez a assistência para o gol de Felipe Vizeu. NOTA 7,5

CUÉLLAR: Ocupou bem os espaços pelo meio e ditou o ritmo do Flamengo na saída de bola, com boas viradas de jogo. NOTA 6,5

DIEGO: Chamou a responsabilidade e buscou criar jogadas, embora tenha encontrado dificuldades. NOTA 7

EVERTON RIBEIRO: Com boa movimentação, deu opção para fazer a bola girar, mas errou quando tentou jogadas mais agudas. NOTA 6

LUCAS PAQUETÁ: Colocou disposição, mas, apesar da aplicação tática, pouco produziu. NOTA 6

FELIPE VIZEU: Conseguiu, em boa finalização, marcar o gol da vitória e devolver ao Flamengo a esperança de se classificar. NOTA 7,5

MANCUELLO: Deu chutes perigosos no primeiro tempo. NOTA 6,5

VINICIUS JÚNIOR: Mostrou personalidade sempre que teve a bola nos pés. Deu maior movimentação ao lado esquerdo rubro-negro. NOTA 6,5

Comentários

Últimas de Esporte