Escoltado por policiais, Muralha é hostilizado no embarque do Flamengo

Rubro-negro enfrenta o Junior Barranquilla na semifinal da Sul-Americana

Por O Dia

Depois das chuvas do começo do nano, o sol volta com força total e cariocas e turistas fazem das praias o seu lazer principal.Praia do Arpoador
Depois das chuvas do começo do nano, o sol volta com força total e cariocas e turistas fazem das praias o seu lazer principal.Praia do Arpoador - Radovicz/Agência O Dia

Rio - Clima de tensão no embarque do Flamengo para Barranquilla. Escoltado por policiais, o goleiro Muralha foi muito hostilizado pelos torcedores no no Aeroporto Internacional do Galeão, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro.

A equipe do Flamengo embarcou para a Colômbia no começo desta tarde. Alguns torcedores marcaram presença para cobrar a equipe e Muralha foi extremamente hostilizado. Policiais escoltavam e protegiam o jogador. As imagens foram divulgadas pelo programa "Fox Sports Rádio."

Titular na partida contra o Santos, o goleiro voltou a falhar e foi considerado pelos torcedores como o responsável pela derrota da equipe no último domingo. A escalação de Muralha como titular na partida de quinta é uma incógnita.

O Flamengo enfrenta o Junior Barranquilla, fora de casa, e joga por um empate para se classificar para a decisão da Sul-Americana, após ter vencido o primeiro jogo por 2 a 1 no Maracanã.

Comentários