Sem ter oposição, cubanos vão às urnas

Por O Dia

Os cubanos elegem suas autoridades municipais ontem, sem candidatos da oposição, em eleições que conduzirão à eleição do substituto de Raúl Castro em 2018, marcando a primeira mudança geracional em quase seis décadas.

Mais de 8,4 milhões de eleitores com mais de 16 anos foram convocados.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência