Fundo de segurança em análise

Por O Dia

Os secretários estaduais de Segurança Pública querem a criação de um fundo nacional para financiar o combate ao crime. A proposta está entre as 12 sugestões apresentadas pelo Colégio Nacional de Secretários Estaduais de Segurança Pública (Consesp) ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, e ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ontem à tarde, no Rio.

O presidente do Consesp, Jeferson Portela, que é do Maranhão, defendeu a atualização da legislação. "Estamos diante de combate ineficaz à potência das atividades criminosas, que tem comando nacional", disse Portela. "Prendemos 14 fuzis novos, no Maranhão, na caixa. É importante termos fundo com fonte de financiamento definida".

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, reconheceu que a modernização e melhoria da leis é importante e que espera votar, ainda no primeiro semestre do ano que vem, as propostas que serão apresentadas. Sobre as mortes no Salgueiro, o secretário do Rio, Roberto Sá, disse que confia na investigação da Delegacia de Homicídios de São Gonçalo.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro