Tiroteio deixa 3 feridos em Pilares

Por GUSTAVO RIBEIRO

Suspeito foi atendido no hospital e levado para Cidade da Polícia
Suspeito foi atendido no hospital e levado para Cidade da Polícia - Maira Coelho/Agencia O Dia

Uma perseguição policial a suspeitos de praticarem assaltos na Piedade terminou em confronto com três pessoas feridas na manhã de ontem. A diarista Carmem Verônica Charret, 42 anos, foi baleada no abdômen dentro de um ônibus da linha Caxias-Méier, da Viação Vera Cruz, na Avenida Dom Helder Câmara, altura de Pilares. O ajudante de pedreiro Edson de Oliveira, 60, foi atingido na perna direita e nas nádegas, também na Dom Helder Câmara. Ambos estavam a caminho do trabalho. Os suspeitos foram presos na Cidade da Polícia, um deles com ferimentos.

Policiais do 3º BPM (Méier) foram acionados para verificar assaltos que estavam sendo cometidos por dois homens em uma moto na Piedade. Os PMs perseguiram os criminosos até a Abolição, onde começou a troca de tiros. O suspeito identificados como Tiago Ferreira Porto, 22, foi baleado de raspão nas pernas e no quadril quando tentou fugir. O outro suspeito preso não teve a idade informada. As vítimas foram operadas no Hospital Municipal Salgado Filho, onde permaneciam estáveis.

"A gente estava sentada no banco de trás do ônibus. Começou o tiroteio e todo mundo ficou em pânico. O motorista chegou a parar. Ela (Carmem) foi se abaixar para me livrar e a bala pegou na barriga dela. Foi muito tiro", contou a zeladora Jandira Moreira, 46, companheira de Carmem. Segundo ela, o tiroteio durou cerca de 30 minutos.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro