Briga de vizinhos vai parar na DP

Por O Dia

Uma discussão entre vizinhos, que terminou em pancadaria com três mulheres agredidas por dois irmãos e a mãe deles em um prédio na Penha Circular, foi parar na delegacia. Uma das vítimas, Maria José Brum, 53 anos, está com o nariz e o braço quebrados e hematomas no rosto. A síndica do edifício, Solange Pollizi, 54, sofreu várias escoriações no rosto e está com problemas de audição. Ariel Brum, 20, filha de Maria, levou socos no rosto dos homens e puxões de cabelo da mãe deles. A agressão foi filmada pelo circuito interno de segurança do edifício. O caso aconteceu no sábado passado.

As imagens estão sendo analisadas pela 38ª DP (Brás de Pina). Segundo Ariel, a briga começou porque a mãe dos agressores disse aos filhos que teria apanhado das vítimas. O motivo do bate-boca é que ela acusa um funcionário do prédio de ter violado uma correspondência. "Ninguém bateu nela (a mãe) e ela também não provou a acusação", alegou Ariel.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro