Por

A Câmara Municipal do Rio derrubou ontem o veto do prefeito e aprovou, por 31 votos a 0, o projeto de lei que multa em R$ 170 passageiros que não pagarem a passagem no BRT. O prefeito terá 48 horas para promulgar o texto. Se não o fizer, o projeto retorna à Câmara para ser validado. Segundo o Consórcio BRT, os funcionários checarão os cartões e a multa deve ser emitida por agente público.

Você pode gostar
Comentários