Por

Moradores interditaram a Estrada da Garganta, em Santa Rosa, em Niterói, no fim da tarde de ontem, para protestar contra a morte de um menor de 16 anos durante a operação. Segundo a PM, o menor estava armado com uma pistola e foi encaminhado para uma unidade de saúde. Os manifestantes atearam fogo em saco de lixos para interditar a passagem. Nas redes sociais, moradores relataram o intenso tiroteio. Carros que passavam pelo Largo da Batalha voltaram na contramão por causa do confronto.

O coordenador de Inteligência da PM, coronel Antonio Goulart, afirmou que a corrupção fortalece o tráfico e que acredita que o alto número de policiais mortos no estado esteja relacionado aos desvios de conduta de alguns agentes. "Vejo uma correlação direta em relação ao policial corrupto e a nossa vitimização", avaliou o coronel.

O comandante do 12ª BPM (Niterói), coronel Márcio Rocha, disse ainda que, desde junho, quando 24 PMs de seu batalhão foram presos na Operação Calabar, a produtividade da unidade melhorou. Entretanto, os dados do ISP mostram que, em Niterói, o roubo a coletivos subiu 52% e os de carga 100% de junho até outubro (último disponível). Já o número de armas apreendidas caiu 22% no período.

Você pode gostar
Comentários