Obama dá pito em Trump pelo clima

Por O Dia

Obama visita a Índia
Obama visita a Índia - AFP/MONEY SHARMA

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama lamentou nesta sexta-feira a "pausa da liderança" de seu país contra o aquecimento climático, ao aludir à decisão de seu sucessor, Donald Trump, de abandonar o Acordo de Paris.

Desde que deixou o poder, em janeiro, Obama fala pouco do presidente republicano, que se dedica a desmontar boa parte das medidas tomadas nos dois mandatos de seu predecessor.

Mas, em uma conferência em Nova Délhi, Obama defendeu o Acordo de Paris de 2015, primeiro pacto que obriga todos os países a limitar o aquecimento climático e do qual foi um dos promotores. "É um acordo que, apesar de termos uma pequena pausa na liderança dos Estados Unidos, dá a nossos filhos uma oportunidade de se defender ante as mudanças climáticas no planeta", declarou Obama na conferência.

Trump, que chegou a classificar o aquecimento climático de "piada", anunciou em junho a retirada dos Estados Unidos do acordo. Esta retirada não será, no entanto, efetivada antes de novembro de 2020.

Comentários