Rejeitada

Por O Dia

A delegada Erika Mialik Marena, da Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal no Paraná
A delegada Erika Mialik Marena, da Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal no Paraná - Reprodução do YouTube

Agentes da Superintendência da PF de Sergipe não aprovaram e já fizeram chegar ao novo diretor-geral, Fernando Segovia, a insatisfação com a indicação da delegada Erika Marena para comandar a corporação no estado. Erika é a 'mãe' da Lava Jato e até mês passado comandava a Superintendência da PF em Florianópolis, mas virou alvo de procedimento interno na operação que prendeu o reitor da UFSC, Luiz Cancellier, que se suicidou depois. Era acusado de obstruir investigação. Mas , por ora, não apareceram provas contra ele.

Comentários