Ministro  da Secretaria de Governo, Carlos Marun
Ministro da Secretaria de Governo, Carlos MarunGilmar Felix / Câmara dos Deputados
Por
Após pedir o indiciamento do ex-PGR Rodrigo Janot na CPMI da JBS, o deputado e futuro ministro Carlos Marun (PMDB-MS) diminuiu o tom: admitiu que há trechos "duros" em seu relatório e que pode fazer alterações.