UMA MULHER NA DISPUTA

Por O Dia

O PPS tanto insistiu que já está quase certa a candidatura de Denise Frossard ao governo do estado. Na semana passada, a juíza aposentada e ex-deputada federal esteve na votação para presidente do diretório do partido. Inicialmente, ela se colocou à disposição para a disputa no Senado. Mas o partido a quer como postulante ao governo estadual, com apoio do PSDB. Se baterem o martelo, esta será a segunda vez que Frossard concorrerá ao cargo de governadora. Em 2006, candidatou-se à sucessão de Rosinha Garotinho. No segundo turno, foi derrotada por Sérgio Cabral, que chegou a chamá-la de blefe. Hoje, ele está preso. E Rosinha em prisão domiciliar.

Nome de peso

A parceria já está sendo comemorada por integrantes de ambos os partidos, que acreditam que a ex-juíza, responsável pela prisão dos chefões do jogo do bicho na década de 90, seja um nome de peso. "Acho importante que a Denise concorra a governadora. Num momento de extrema crise ética, com a política tão contaminada pela corrupção, ela é uma excelente opção, vai dar um gás à disputa", afirmou a vereadora Teresa Bergher, presidente do diretório municipal do PSDB.

Nome novo

Outra sigla que também decidiu lançar candidato próprio para a disputa ao governo do Rio é o PHS. "Temos bons quadros no partido, mas há a possibilidade de ser um nome de fora do jogo político", confirmou Sandro Matos, presidente do PHS Rio.

Retorno

O presidente da Câmara Municipal, Jorge Felippe, voltou ontem ao cargo. Visivelmente mais magro, após a cirurgia bariátrica à qual se submeteu, participou da reunião com técnicos da prefeitura sobre a PPP da Rioluz e assumiu a sessão para a votação da mudança de regimento e do pacotão de 18 projetos enviados pelo Executivo. O comentário era de que voltou antes da licença para dar força às votações.

Filho de peixe

O ex-vereador Pedro Porfírio está internado no Barra D'Or devido a complicações de diabetes. Brizolista ferrenho, autor da lei do táxi e da lei da união estável homossexual para pensionistas e viúvos de servidores, esta semana ele teve uma pequena melhora. Recebeu a notícia de que o filho mais velho, Vladimir Porfirio, será candidato a deputado federal nas próximas eleições.

Briga

O Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec) processou o estudante Pedro Auar, de 25 anos. Quer R$ 208.586,67 a título de indenização por dano moral. O imbróglio começou em 2015, quando a instituição fez cobranças extras à mensalidade, com valores 20% maiores. Auar, que era presidente do diretório, iniciou uma campanha, e em 2016, conseguiu a aprovação da Lei 7.202/16, que proíbe as taxas. Na semana passada, o estudante teve a penhora dos seus bens. "Não tenho nada. Sou apenas um estudante",afirmou Auar.

Praças novas

A Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente e a Secretaria de Esporte e Lazer fizeram um acordo de cooperação para melhorar a manutenção de praças e quadras.

Bolsas

O Shopping Grande Rio decidiu inovar na premiação de Natal. Este ano, vai sortear bolsas integrais de cursos na Uniabeu.

Comentários