BAIXADA TUCANA NA DISPUTA

Por O Dia

A bancada tucana da Baixada Fluminense está se articulando para analisar o cenário de 2018 para o governo do estado. Num jantar que será realizado na próxima terça-feira, lideranças do PSDB vão discutir os nomes mais cotados para o ano que vem. A ideia é não deixar que a cúpula do partido defina o quadro. Como não há um nome muito forte para a disputa ao governo, tudo leva a crer que os tucanos vão abrir mão de lançar uma candidatura própria para apoiar outro partido, para indicar o nome do vice na chapa. O deputado Áureo, natural de Duque de Caxias, é um dos nomes cotados. E segundo uma fonte tucana, ele já teria sido sondado por Eduardo Paes e por Indio. Mas a ex-deputada e conterrânea Andréia Zito também estaria de olho no cargo.

Iluminação

Este ano, o Palácio da Cidade ganhou iluminação especial para o Natal. Atendendo a pedidos, a Rioluz instalou seis projetores de LED na fachada com as cores verde, vermelho e azul.

Depois do Natal

A ausência de representantes das comissões de Urbanismo e Meio Ambiente na última terça-feira, na Câmara de Vereadores, atrapalhou ainda mais a votação dos projetos apresentados pela prefeitura. As duas comissões faltosas só podem se reunir depois que acabar o prazo das vistas das outras comissões. Ou seja, na próxima quarta-feira. Mas se os vereadores também fizerem pedidos de vistas, os projetos só poderão ser votados a partir do dia 27.

Cadê o diploma?

A controladora de Japeri, Fabíola Monteiro Furtado, responde desde 2010 a uma ação da Caixa Econômica Federal por dívida de R$32 mil com o Fies. Embora no currículo ela se apresente como bacharel em Direito pela Cândido Mendes, a controladora diz na defesa que não se formou na instituição.

De olho

Agora, o Ministério Público abriu um inquérito para saber como a controladora ocupa o cargo, já que o Tribunal de Contas exige nível superior para ocupá-lo.

Machado

O livro mais baixado na Biblioteca Digital da Secretaria Estadual de Educação é 'Memórias Póstumas de Brás Cubas', de Machado de Assis, com 289 downloads.

Parceria

O Instituto Superar fechou o balanço com 38.400 atendimentos em 2017. Os números positivos estão atraindo empresas como a Repsol, que já renovou o patrocínio para o Projeto Detecção de Talentos Paralímpicos para 2018.

Com a bola cheia

Secretário municipal de Conservação e Meio Ambiente, Jorge Felippe Neto não perdeu o Fundo Especial de Iluminação Pública, como divulgado. O decreto publicado no DO que atribuía o fundo para a Casa Civil é mera formalidade, porque só ela pode ordenar despesa de Parceria Público Privada. Então não há perda no orçamento.

Comentários