O saquê: curiosidades

Por O Dia

Saquê
Saquê - Reprodução

Embora não esteja mais naquela onda toda, restaurante japonês ainda é uma pedida. E, em geral, só serve cerveja ou saquê para escoltar os sushis e sashimis. Vamos, então, ao saquê. Pergunto, então: vocês sabiam que o saquê não nasceu no Japão e, sim, na China? Pois ele veio da China, há cerca de 7 mil anos e só chegou ao Japão no século 3 da nossa era. Chegou para ficar. O saquê ou nihonshu é a mais tradicional bebida alcoólica japonesa.

Feitura. Basicamente, é feito de grãos de arroz e água, porque a água é o item mais importante para a produção do saquê (como para a cerveja, o uísque, etc). Mas o saquê refinado só se tornou popular na segunda metade do século 18, Período Edo, e só no século 20 a tecnologia de preparação de saquê chegou ao produto que conhecemos hoje. Ou alguns deles, como o Junmai, Honjoso, Ginjo, Daiginjo e Futsu.

Detalhe. Esses saquês, tipo premium, podem ser bebidos frios/gelados. E embora diversas regiões do Japão produzam saquê, a que tem a fama de fabricar o melhor de todos é o distrito de Fushimi, em Kyoto. Kenkô!

Comentários

Últimas de Diversão