Voltando à infância...

Por O Dia

Papel algodão, pinturas com jatos de tinta que criam uma ilusão no cérebro. Você vê uma coisa e, de repente... é outra. Assim é o novo trabalho de Vik Muniz. Uma intervenção manual - todas juntas, feitas especialmente para a Galeria Nara Roesler. As pinturas/colagens fotográficas variam de US$ 18 mil a US$ 60 mil. Para um leigo, remete a uma sensação de volta às enigmáticas descobertas da infância. Na inauguração, esta semana, a primeira a chegar foi Zélia Duncan. Muito simpático, Vik Muniz curtiu, deu entrevista e ficou bem à vontade.

Comentários

Últimas de DMulher