Compasso de espera para quitar atrasados até sexta

Por O Dia

Pezão e sua equipe está em compasso de espera pelo empréstimo. A expectativa é que amanhã ou terça-feira seja assinado o contrato com o BNP Paribas, em Brasília. A operação financeira terá o aval do Tesouro Nacional.

Na sexta-feira, Pezão garantiu que não havia mais obstáculos nem burocracia para a contratação do crédito. "Está tudo pronto. A ministra Grace Mendonça, da Advocacia-Geral da União, me confirmou que não falta mais nada. É o nosso maior anseio. Somos o primeiro estado do país a conseguir fazer a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal. Lutamos 14 meses em Brasília para ter esse momento, para colocar a vida do servidor em dia, os salários em dia", declarou o governador, em evento em Volta Redonda.

Após a contratação do empréstimo, os recursos entram no caixa em até três dias. Assim, o estado acredita ser possível quitar os atrasados dos servidores até sexta. O governo deve o 13º de 2016 a 227 mil servidores, setembro a mais de 20 mil vínculos e outubro a 206 mil pessoas.

Comentários

Últimas de Economia