TJ-RJ aguarda parecer que autoriza uso de fundo

Por O Dia

Apesar da expectativa e 'correria' para que o 13º deste ano do pessoal do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) seja pago o mais rápido possível, o depósito não ocorrerá hoje. Isso porque, para poder usar recursos próprios (do fundo especial), o Judiciário fluminense aguarda a manifestação da Procuradoria-Geral da República sobre o acordo feito com o governo estadual no Supremo Tribunal Federal (STF).

Na ação, o governo do Rio se comprometeu a pagar dívidas com o TJ-RJ, em um total de cerca de R$ 952 milhões, até o fim do ano de 2021.

Entre funcionários e magistrados, há comentários de que o pagamento sairá na próxima semana. Por outro lado, fontes afirmam que o depósito só deverá ocorrer perto do dia 20 deste mês, que, inclusive, é a data para o estado fazer o repasse do duodécimo.

Comentários

Últimas de Economia