Prefeitura do Rio muda calendário de pagamento

Prazos que vão até o 2º dia útil foram adiados, e categorias querem reverter medida

Por PALOMA SAVEDRA

Rio - A mudança no calendário de pagamento do funcionalismo da Prefeitura do Rio, publicada ontem em decreto, surpreendeu e mobilizou as categorias. Enquanto os servidores ativos, hoje, recebem o salário no 2º dia útil, e os inativos e pensionistas no 1º dia útil, em janeiro de 2018 eles serão pagos até o 7º dia útil.

Desde a gestão de Cesar Maia, na década de 90, o funcionalismo municipal tem o pagamento até o 2º dia útil. Agora, com o decreto, o salário de dezembro deste ano será pago até o 7º dia útil de janeiro de 2018.

Já os vencimentos referentes aos meses de janeiro até junho serão pagos até o 5º dia útil do mês seguinte ao trabalhado. Vale lembrar que a mudança estipula a mesma data para todos os vínculos, mesmo sendo aposentado ou servidor da ativa.

Questionado pela Coluna, o município afirmou que a alteração tem como objetivo adequar o período de pagamento com a entrada de recursos em caixa.

"A alteração do cronograma de pagamentos tem como objetivo otimizar a gestão do caixa municipal. Com as novas datas, a serem praticadas a partir de janeiro de 2018, o calendário das maiores despesas estará compatibilizado com o das maiores receitas municipais", informou a prefeitura.

Servidores pressionam

A notícia circulou nas redes sociais no fim de semana e, quando houve a publicação, servidores tentaram articular, ontem, na Câmara, a revogação do decreto.

"Queremos uma reunião com o vice-prefeito, Fernando Mac Dowell, pois o prefeito Marcelo Crivella está viajando. No fechamento do ano somos pegos de surpresa... As pessoas têm contas para pagar, com vencimentos, e vamos tentar reverter o decreto", disse uma das integrantes do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Municipais, Doroteia Santana. Outras reivindicações são o retorno de benefícios, como cartão de Natal, reajuste e a não votação da taxação de inativos, que a Câmara pretende colocar em pauta em 2018.

Comentários

Últimas de Servidor