Uma fila de pessoas em busca de emprego se formou em frente a uma faculdade particular da Zona Oeste do Rio desde o início da manhã desta terça-feira (3). Ao todo, são 850 vagas de emprego oferecidas pela Universidade Castelo Branco, em Realengo, cuja média salarial é de R$ 1.260. - Estefan Radovicz
Uma fila de pessoas em busca de emprego se formou em frente a uma faculdade particular da Zona Oeste do Rio desde o início da manhã desta terça-feira (3). Ao todo, são 850 vagas de emprego oferecidas pela Universidade Castelo Branco, em Realengo, cuja média salarial é de R$ 1.260.Estefan Radovicz
Por RENAN SCHUINDT
Publicado 15/12/2017 19:34 | Atualizado 16/12/2017 00:40

Há um mês, Tatiane Joventina, de 24 anos, perdeu o emprego em um restaurante na Zona Sul do Rio, que precisou cortar funcionários por causa do baixo movimento. Apesar de viver um momento de incerteza, Tatiane aposta as suas fichas no último Feirão do Emprego deste ano, na próxima terça-feira. "Só quero trabalhar. Afinal, pago aluguel e o credor não pode esperar. Vou ao Feirão na expectativa de sair de lá empregada", conta.

Embora as contratações em dezembro sejam mais comuns nos primeiros dias do mês, ainda há vagas disponíveis para início imediato. As oportunidades serão anunciadas no evento, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), no Clube Municipal, na Tijuca. Os cargos com vagas disponíveis são auxiliar de serviços gerais, açougueiro, operadora de caixa, atendente, vendedor, atendente de telemarketing, vigilante e Jovem Aprendiz.

Mais de 1,5 mil vagas estão disponíveis, incluindo cerca de 500 oportunidades para pessoas com deficiência. Cerca de 20 empresas já confirmaram presença. E cada uma delas vai contar com um stand, onde os candidatos poderão deixar seus currículos. Aqueles que tiverem perfil profissional compatível com as vagas disponíveis, já sairão do Feirão com cartas de encaminhamento para entrevistas de emprego. Os demais serão cadastrados no sistema e, em seguida, notificados quando abrirem vagas para as suas especialidades.

AOS 45 MINUTOS DO SEGUNDO TEMPO

Em busca de uma chance há oito meses, Clara de Oliveira, de 25 anos, também está animada com a possibilidade de conseguir uma vaga no Feirão. "Quero fechar o ano com um emprego garantido, nem que seja aos 45 minutos do segundo tempo. Estou otimista", diz.

Segundo a secretária da SMDEI, Clarissa Garotinho, o objetivo do evento é facilitar a vida da população e apoiar quem está desempregado a começar 2018 com novas perspectivas. "É uma chance de, em um único lugar, candidatar-se a várias oportunidades e aumentar as possibilidades de conseguir um emprego", afirma.

Os interessados em buscar uma oportunidade no mercado de trabalho no Feirão do Emprego deverão levar identidade, CPF e Carteira de Trabalho. Também é desejável currículo atualizado. O Clube Municipal fica localizado na Rua Haddock Lobo 359, Tijuca.

SERVIÇO
Publicidade
PARTICIPANTES
A expectativa dos organizadores do Feirão do Emprego, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), da Prefeitura do Rio, é de atender 5 mil candidatos.
Publicidade
ATENDIMENTO
O atendimento do Feirão do Emprego será feito entre 9h e 15h, no Clube Municipal, na Tijuca. Todos os candidatos terão currículo cadastrado nas empresas participantes.
Publicidade
OCUPAÇÕES
As 1,5 mil vagas disponíveis são para os cargos de auxiliar de serviços gerais, açougueiro, operadora de caixa, atendente, vendedor, atendente de telemarketing, vigilante e Jovem Aprendiz, entre outros.
Publicidade
LOCALIZAÇÃO
O Clube Municipal da Tijuca fica na Rua Haddock Lobo 359.
Publicidade
Você pode gostar
Comentários