Jair bem perto do Santos

Clube paulista busca o treinador, que tem multa rescisória na faixa de R$ 800 mil

Por O Dia

Desde 2016 no comando do Botafogo, Jair se valorizou no mercado
Desde 2016 no comando do Botafogo, Jair se valorizou no mercado - Vitor Silva/SSPress/Botafogo

O técnico Jair Ventura é o nome que o Santos quer para comandar o time na temporada de 2018. O clube paulista passou por eleições presidenciais, está trocando o comando do futebol e já estabeleceu os primeiros contatos com o treinador. Jair tem vínculo com o Botafogo até o fim de 2018, com multa rescisória na faixa de R$ 800 mil. O valor animou a diretoria do Santos, que estaria disposta a oferecer R$ 400 mil por mês a Jair e a sua comissão técnica o auxiliar Emílio Faro e o preparador físico Ednilson Sena.

Como tem dificuldade financeira para segurar o treinador, apesar de pensar em renovar o contrato até o fim de 2020, a diretoria do clube carioca já trabalha com uma alternativa interna, que seria Eduardo Barroca, técnico do sub-20, que recentemente recusou uma proposta para trabalhar no Grêmio.

Apesar do carinho que tem pelo Botafogo, onde está há muitos anos, Jair demonstra preocupação com as dificuldades que virão em 2018. O clube está fora da Libertadores e asfixiado para fazer investimentos no mercado. No Santos, disputaria novamente a Libertadores e poderia contar com um elenco com várias opções.

Até o momento, ainda não surgiram novidades em General Severiano. À exceção da chegada do atacante Roni, que será incluído na negociação envolvendo a saída de Bruno Silva para o Cruzeiro, os outros nomes não passam de especulação. Entre eles, o do centroavante Anselmo Ramon, que está na China.

Comentários

Últimas de Esporte