Marin vai para prisão federal nos EUA

Sentença do ex-presidente da CBF sairá só em 2018

Por O Dia

Marin estava em prisão domiciliar
Marin estava em prisão domiciliar - AFP PHOTO / Don EMMERT

Ex-presidente da CBF, José Maria Marin, de 85 anos, foi levado para uma prisão federal, ontem, após ser condenado por um júri popular no Tribunal Federal do Brooklyn, em Nova York, nos EUA.

Ele foi considerado culpado de seis acusações de crimes no Caso Fifa três por fraude financeira (Copa América, Copa Libertadores e Copa do Brasil), dois por lavagem de dinheiro (Copa América e Libertadores) e um por formar organização criminosa.

A sentença que definirá a pena do dirigente, inocentado apenas de lavagem de dinheiro na Copa do Brasil, será anunciada em 2018. Após o veredito, Marin foi detido até então, estava em prisão domiciliar. A defesa vai recorrer.

Comentários

Últimas de Esporte