Bruno Cabrerizo e Bruno Ferrari defendem seus personagens na novela das 18h

Por O Dia

Vitória Strada%2C a Maria VitóriaDivulgação

Rio - A trama de Alcides Nogueira está longe de chegar ao fim, mas o que vai acontecer com o coração de Maria Vitória (Vitória Strada) nos próximos capítulos já é especulado pelo público. Nas redes sociais, há quem torça por Inácio (Bruno Cabrerizo). Outros, porém, acreditam que o melhor para a filha de José Augusto (Tony Ramos) é ficar com o idealista Vicente (Bruno Ferrari).

"Olha, eu também fico na dúvida. Se for pensar, cada um tem suas qualidades e motivos", reconhece Vitória Strada. Para a atriz, os dois pretendentes têm semelhanças importantes e, justamente por isso, ela prefere deixar a decisão nas mãos do autor.

"Eles são homens bons e honestos. O Vicente e a Maria Vitória têm uma história que foi construída por meio de uma amizade. Com o Inácio, a aproximação foi diferente, foi amor à primeira vista. São formas diferentes de amar", garante a atriz.

Bruno Cabrerizo, intérprete de Inácio, por outro lado, defende seu personagem com unhas e dentes. E até fica "ofendido" com a pergunta. "É claro que a Maria Vitória deve ficar com o Inácio. Ele é o primeiro grande amor da vida dela! Por desencontros da vida, eles acabaram se distanciando, mas a chama do amor permanece acesa", argumenta.

No próximos capítulos, porém, a sorte estará lançada para Vicente, que beijará mais uma vez a melhor amiga. "O Vicente esteve com a Maria Vitória em todos os momentos difíceis, ouviu falar de Inácio tantas vezes e, mesmo assim, não saiu do lado dela", pondera Ferrari, que até lista os motivos para o "sim" da protagonista - na terça-feira, o personagem dele pedirá, finalmente, uma chance para Maria Vitória.

"Ele ajudou a procurar Inácio, salvou a amiga inúmeras vezes, fez de tudo para que ela ficasse bem. Isso é amor puro e verdadeiro. Vicente é completamente apaixonado por Maria Vitória, fará dela a mulher mais feliz do mundo. Precisa mais?", diverte-se.

Bruno Ferrari%2C o Vicente%3A “Apaixonado por ela”%3B Bruno Cabrerizo%2C o Inácio%3A “É o primeiro grande amor”Divulgação

Quem pensa que a história acaba aqui, no entanto, pode preparar o coração. Em breve, Inácio vai encontrar o advogado de José Augusto (Tony Ramos), descobrirá que teve uma filha com Maria Vitória, e decidirá embarcar para Portugal na intenção de encontrar a herdeira e sua ex. Lucinda (Andreia Horta), desesperada, vai fazer de tudo para impedir o encontro. Com medo de ser desmascarada, a vilã, que no início garantiu a Maria Vitória que Inácio estava morto, vai passar dos limites ao chantagear o empregado Gregório (Cristino Garcia).

Numa conversa bem intimista, a filha do médico, que também disse a Inácio que Maria Vitória já estava casada, pedirá para o empregado dar um tiro no rapaz. A intenção dela, obviamente, não será a de matar o português, mas de imobilizá-lo, impedindo a viagem.

 

*'Bárbara Saryne, Diário de S.Paulo/Agência O DIA

Últimas de _legado_Notícia