Palestinos pressionam por resolução na ONU

Por O Dia

Diplomatas palestinos pressionam para que o Conselho de Segurança da ONU vote projeto de resolução que rejeite a decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel, apesar do provável veto dos Estados Unidos. O embaixador palestino, Riyad Mansour, que tem status de observador na ONU, disse que o texto exortará os EUA a anular a decisão sobre Jerusalém.

Os Estados Unidos ficaram isolados no Conselho de Segurança semana passada, quando os outros 14 membros incluindo Grã-Bretanha, França e Itália condenaram a decisão, que rompe com o consenso internacional sobre Jerusalém.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência