Só com arruda e muito sal grosso

Michel Temer recebeu passe de um pai de santo na convenção do PMDB para eliminar 'macumba'

Por O Dia

Convenção Nacional do PMDB. Michel Temer recebe passe de Pai Uzêda.
Convenção Nacional do PMDB. Michel Temer recebe passe de Pai Uzêda. - Igo Estrela/PMDB

O presidente Michel Temer passou de surpresa na convenção nacional do PMDB e acabou recebendo um passe de um suposto pai de santo. O babalorixá Pai Uzêda disse que fez um trabalho para eliminar uma "macumba" contra o peemedebista.

"Fizeram um trabalho de vodu, por isso que ele teve a doença. O trabalho que fizeram contra o doutor Michel era para ele morrer no hospital", afirmou Uzêda.

Temer foi recebido por Roberval Uzêda quando subiu ao palco do evento, em Brasília. Ele abriu os braços enquanto o pai de santo agitava folhas de guiné, "usada contra morte e doença", contra o seu corpo.

O pai de santo disse ter sido contratado pelo presidente e pela primeira-dama. Segundo ele, também foi feita uma "limpeza" no Palácio do Jaburu e no do Planalto, e que foram encontrados "quatro bonecos" de vodu. "Era uma urucubaca brava ali", contou.

A assessoria da Presidência negou que o babalorixá tenha benzido os gabinetes e explicou que ele só conseguiu subir ao palco pois Temer havia cancelado a participação na convenção (embora tivesse mudado de ideia) e por isso a segurança presidencial fora desmobilizada. Entretanto, Uzêda usava um crachá de "convidado". O PMDB também negou ter contratado os serviços do místico.

O chefe do Executivo passou por três cirurgias nos últimos meses para redução da próstata, desobstrução da uretra e uma angioplastia.

SERÁ QUE VAI FAZER EFEITO?

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) vai divulgar hoje a pesquisa do último trimestre com a avaliação dos brasileiros sobre o governo federal e o grau de confiança no presidente. No último resultado, a popularidade de Temer apresentou 3% de aprovação.

Em março de 2015, o pai de santo invadiu o Planalto para, segundo ele, tentar alertar a então presidente Dilma Rousseff em relação a Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Nove meses depois, o presidente da Câmara autorizou a abertura do impeachment contra a petista.

PMDB, de partido a movimento

Os integrantes do PMDB aprovaram ontem na convenção do partido a mudança do nome para MDB (Movimento Democrático Brasileiro), como era chamado durante o regime militar.

A novidade, às vésperas do ano eleitoral, é uma estratégia para dar uma repaginada na sigla após Michel Temer assumir a chefia do Executivo.

O presidente do PMDB, senador Romero Jucá (RR), também anunciou que serão criados novos grupos setoriais, como os evangélicos e ambientalista.

A alteração ainda precisa ser registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Dirigentes negam que a mudança seja uma tentativa de "esconder" a sigla atrás de uma nova marca, já que a cúpula da legenda e o próprio Temer têm sido alvo de escândalos de corrupção.

Galeria de Fotos

Convenção Nacional do PMDB. Michel Temer recebe passe de Pai Uzêda. Igo Estrela/PMDB
Pai Uzêda aproveitou o cochilo da segurança presidencial e subiu no palco para proteger Temer de uma 'urucubaca brava'. Planalto garantiu depois que era mentira o fato de o místico ter sido contratado Igo Estrela/PMDB
Convenção Nacional do PMDB. Michel Temer recebe passe de Pai Uzêda. Igo Estrela/PMDB
Convenção Nacional do PMDB. Michel Temer recebe passe de Pai Uzêda. Igo Estrela/PMDB

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência