Visita pela troca de experiência

Por O Dia

Apesar de ser direcionada às Pessoas com Deficiências, o evento atraiu todo tipo de público e até de fora da cidade. Moradores de Araruama, na Região dos Lagos, o casal Flaviane Melo e Marcus Vinícius percorreu mais de 120 quilômetros para ir ao evento com o filho Rubens, de dois anos, que participou de várias atividades.

"O princípio da inclusão é esse. A habilidade dessas pessoas é imensa, mas vivemos numa sociedade que não dá valor às potencialidades de cada um", observou Flaviane. "Nosso filho não tem deficiência, mas ele precisa estar inserido, todos nós precisamos", completou o marido.

Para Carina Melo, presidente do Instituto Superar, que trabalha com PcDs, a feira foi uma oportunidade para a troca de experiências. "Esse interesse chama atenção da mudança que estamos passando frente à inclusão. Estamos falando de 45,6 milhões de pessoas que consomem e possuem o direito de ir e vir. Uma minoria por puro desconhecimento", ressaltou Carina.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro