Major da PM contou que seria queimado

.

Por O Dia

O major da PM Joelmir dos Santos, sequestrado no domingo por traficantes da comunidade Anaia, em São Gonçalo, fez um desabafo a amigos. Em mensagem, disse que estava prestes a ser queimado dentro do carro, quando policiais civis o resgataram. "Ainda não me sinto vivo, pois lá desisti da vida", escreveu.

O oficial foi raptado na estrada de Maricá, junto com uma mulher, que não teve o nome divulgado. Ela foi encontrada por parentes nas proximidades da comunidade, ainda no domingo.

Após o resgate do major, os policiais civis gravaram um vídeo do oficial, no qual ele se identificou e pedia para realizar contato com a cúpula da corporação. Inicialmente, a PM chegou a dizer que as imagens tinham sido feitas durante o cárcere. A polícia tenta identificar os criminosos.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro