Por
O projeto do Executivo teve 31 votos a favor e 18 contra na Câmara. Das 102 emendas apresentadas, 25 foram aprovadas. Na Justiça, a liminar se deu por maioria dos votos, mas a inconstitucionalidade ou não da lei será julgada em outra sessão do Órgão Especial.
De acordo com a prefeitura, cerca de 250 mil imóveis do total de 1,1 milhão que estão isentos, passariam a pagar o imposto na cidade do Rio a partir de 2018. Um dos planos do município era reverter a nova arrecadação do IPTU para investimento em hospitais.
Publicidade