Oficiais da Marinha detidos

Por O Dia

Pela segunda vez neste ano, militares das Forças Armadas foram presos acusados de fornecerem armas para comunidades do Rio. Durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), três oficiais da Marinha foram flagrados transportando cinco armas e 1.260 projéteis, na sexta-feira, dentro de um ônibus de viagem no município de Rio Brilhante, no Mato Grosso do Sul.

Os acusados disseram que o material havia sido adquirido em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e seria transportado para o Rio, onde os militares residem e trabalham. Ivan Passos da Cruz, 29, Clércio Gondim da Silva Junior, de 28, e André Luis Nascimento Fragoso, 28, poderão responder por tráfico internacional de arma de fogo e associação criminosa. A Marinha vai apurar o fato e afirmou que repudia ações criminosas.

Em outubro deste ano, o sargento do Exército, Carlos Alberto de Almeida, 46, foi preso na Favela da Coreia, em Senador Camará, acusado de ser um dos maiores armeiros do tráfico de drogas do Rio.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro