TJ determina perícia no valor da tarifa

Por O Dia

O Tribunal de Justiça (TJ) determinou, na segunda-feira, que uma empresa de auditoria faça perícia no preço das passagens de ônibus do município do Rio. Três empresas foram intimadas para fazer a apuração, mas apenas a BDO Brazil se interessou em analisar os dados para decidir se fará ou não.

A auditoria analisará o aumento de R$ 0,20 concedido pelo então prefeito Eduardo Paes em 2015. Na época, as empresas e a prefeitura explicaram que o valor seria usado para a climatização da frota, mas até hoje não houve a refrigeração total. O TJ determinou que a perícia poderá determinar um cálculo para o reajuste anual da tarifa e que ela deverá ser bancada pelas empresas.

Um representante da BDO Brazil disse que as auditorias realizadas pelas empresas PricewaterhouseCoopers, contratada pela prefeitura, e Ernst Young, contratada pelos consórcios, não usaram dados auditados. A Secretaria de Transportes ainda não se pronunciou. O Rio Ônibus disse que é a favor de qualquer auditoria que "estabeleça uma tarifa justa".

Comentários