Casal preso após sequestro

Por O Dia

Um casal foi preso após sequestro e morte de um homem em Muriqui, na Costa Verde, na quinta-feira. Flávio de Lemos Passos sequestrou e matou com quatro tiros, três deles pelas costas, Carlos Enrique Fernandes Procópio. Maria Aparecida Guedes de Sales, mulher de Flávio, era amante da vítima e foi presa por guardar a arma do crime.

De acordo com a 165ª DP (Mangaratiba), que elucidou o crime 48 horas depois, Flávio havia ameaçado de morte Carlos Enrique há duas semanas e tinha um veículo com as mesmas características do carro envolvido no sequestro, ocorrido no dia 26.

Após ser preso, Flávio disse que um grupo de milicianos armados o obrigou a participar do sequestro. Após várias contradições, ele confessou o crime. Flávio disse ter capturado, algemado e conduzido, em seu próprio veículo, o Carlos Enrique até um precipício, na estrada RJ-014, onde disparou três tiros nas costas da vítima, e outro disparo enquanto ele caía. O preso em flagrante levou os agentes até a cena do crime e, através de escalada, encontraram o corpo da vítima, algemada, já em estado de decomposição.

A arma, um revólver calibre 38, estava na casa de Maria Aparecida, que foi autuada em flagrante. Foi pedida à Justiça prisão temporária de Flávio pelo crime de homicídio.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro