PM reformado é morto

Sargento foi baleado em um bar da Vila Rosali, em São João de Meriti

Por O Dia

Com Gilmar, sobe para 133 o total de policiais mortos neste ano
Com Gilmar, sobe para 133 o total de policiais mortos neste ano - REPRODUÇÃO DE INTERNET

O Policial Militar reformado, sargento Gilmar Alves Pessoa, de 55 anos, morreu na madrugada de ontem, depois de ser atingido por tiros em um bar na Vila Rosali, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Outra pessoa, que não foi identificada, também foi baleada na ação. Com Gilmar, sobre para 133 o número de PMs mortos neste ano.

Policiais do 21º BPM (São João de Meriti) foram chamados logo após o crime. Segundo a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), em apuração preliminar, dois homens em uma moto atiraram contra o sargento reformado, que estava no estabelecimento conhecido Bar do Dinho, na esquina das ruas Carioca e Doutor Gilard Mota. A dupla ainda levou a arma do policial e conseguiu fugir. A motivação do crime ainda é investigada.

Alves Pessoa chegou a ser socorrido para o Posto de Assistência Médica (PAM) de Meriti, mas não resistiu e faleceu. A DHBF espera a vítima sobrevivente ter melhora no estado de saúde para prestar depoimento e procura outras testemunhas do crime. Os agentes também vão buscar imagens de câmeras da região.

O sargento Gilmar Alves Pessoa trabalhou durante 19 anos na Polícia Militar e se reformou em 2004. Ele era casado e tinha dois filhos. Até a noite de ontem, não havia informações sobre o seu sepultamento.

Do total de 133 militares assassinados neste ano, 28 estavam de serviço, 80 de folga e, com a morte de Pessoa, 25 eram reformados.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro