Por
Guilherme de Pádua vira pastor de igreja evangélica. Há 20 anos, o ex-ator foi condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora de novelas Gloria Perez. Leitores comentam.
Bom... o cara 'pagou' pelos erros dele perante a Justiça do homem, tudo bem que a Justiça no Brasil é uma porcaria, mas pagou. E se foi perdoado pela justiça divina, não sabemos. Mas o ser humano é incapaz de perdoar. O ódio nos corações é o que tem tornado esse mundo cada vez pior. Examinem seus corações e vejam se dá pra julgar o próximo.
Publicidade
Lidiane Nogueira
Pelo Facebook
Publicidade
Porque não foi com sua filha, ou com a sua irmã. Ele merecia prisão perpétua!.Ser pastor não elimina o crime cometido.
Dilailah Romão
Publicidade
Pelo Facebook, em resposta
Se fosse sua filha queria ver se manteria sua opinião, desejo a ele a pena de morte.
Publicidade
Edilson Lima
Pelo Facebook, em resposta
Publicidade
Deixei bem claro que a Justiça brasileira é uma porcaria, talvez se fosse com a minha família a princípio eu tivesse um sentimento ruim sobre ele. Mas creio que ao longo do tempo Deus tiraria do meu coração.
Lidiane Nogueira
Publicidade
Pelo Facebook, em réplica
O cara já pagou por isso. Deixe o Guilherme de Pádua seguir seu caminho. Lulamané, Dilmata e TEMERario roubaram milhões do dinheiro público e não foram presos até agora. Quantos brasileiros morreram nos hospitais públicos por falta de verbas, remédios, médicos, equipamentos, aparelhamento, etc?
Publicidade
Lopes Osvaldo
Pelo Facebook
Publicidade
Está tentando justificar um assassinato?
Angelica Sousa
Publicidade
Pelo Facebook
Com isso, na visão do evangélico, ele se tornará uma pessoa melhor que eu e melhor que você, que nunca tirou a vida de ninguém!! Piada, né? Para mim continuará criminoso sempre, até o juízo final esse maldito!!
Publicidade
Carmelita Magalhães
Pelo Facebook
Publicidade
Não me convence.
Eduardo Marques
Publicidade
Por e-mail