Guilherme de Pádua vira pastor em MG

Há 20 anos, ex-ator foi condenado pelo assassinato da atriz Daniela Perez

Por

Guilherme de Pádua se tornou pastor da igreja evangélica
Guilherme de Pádua se tornou pastor da igreja evangélica -

Guilherme de Pádua vira pastor de igreja evangélica. Há 20 anos, o ex-ator foi condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora de novelas Gloria Perez. Leitores comentam.

"O apostolo Paulo prendeu, matou e torturou cristão e depois virou o maior pregador do Novo Testamento."

Nilzan Felix, pelo Facebook

"Se isso aqui fosse um país sério, nem falaríamos dele hoje, porque ou ele estaria na cadeia ainda, cumprindo uma pena perpétua, ou teria sido fuzilado, enforcado, morto por eletrocussão, injeção letal ou câmara de gás, já que tramou, meticulosamente, para tirar uma vida. Não vejo outras formas de alguém que comete um crime hediondo pagar, senão essas que citei... Porém, como aqui é Brasil... Está perdoado!! Pode apagar tudo que ele fez aí, que ele está perdoado!! Agora ele é um "homem de Deus", um "santo" e um verdadeiro "salvador de vidas"! Triste."

Marcos André, pelo Facebook

"O que existe internamente em seu coração, só Deus sabe. Espero, para seu bem, que esse indivíduo realmente tenha se arrependido do que fez. Quanto às consequências em nível espiritual, isso ainda terá certamente um novo episódio em sua vida. A lei do retorno é implacável."

Paulo Ottoni, pelo Facebook

Virar pastor evangélico é fácil! Matar também! Ficar impune também! Aqui é o Brasil, gente! Lula é pré-candidato! Aécio Neves está solto! Gilmar Mendes soltou Jacob Barata três vezes! E Pabllo Vitar é cantora e ganhou prêmio!

Jardel Maia, pelo Facebook

"Ah, mas os evangélicos, que adoram apontar o dedo, não condenam essa atitude não, né? Ele se "salvou"! Isso pode, né? É certo? Ele já pagou o que devia! Foi perdoado! Hipocrisia"

Valéria Dalan, pelo Facebook

"Nem sei por que há tantos incomodados com isso! Dentro de muitas igrejas está cheio de pessoas até mesmo escondidas da Justiça. A diferença é que ele é famoso..."

Jô Terra, pelo Facebook

Comentários