Fidelização é a palavra de ordem na educação

Em momentos de crise como o atual, escolas trabalham para manter os alunos fiéis aos colégios em que estudam

Por O Dia

A palavra de ordem durante o período de matrículas e rematrículas escolares na rede particular de ensino é fidelização. Principalmente em tempos de grave crise como a que o país atualmente está atravessando. Cada vez mais as pessoas estão abrindo mão daquilo que não é tão essencial e mantendo aquilo que mais agrega valor. E também seguem fiéis à escola em que estudam. É o caso dos alunos do colégio Novação, em Belford Roxo.

"É por isso que vemos muitas pessoas compartilhando nas redes sociais momentos especiais de sua vida escolar. Mas não adianta ficar no saudosismo, precisamos valorizar e aproveitar essas fases boas enquanto elas estão acontecendo. Nossos ex-alunos falam com muito carinho da escola e de tudo que viveram aqui. A relação afetiva que se desenvolve é muito importante. Temos alunos que são filhos, netos de pessoas que estudaram com a gente", conta o diretor Renan Dublasievicz, do Novação.

Os pais que ainda não matricularam os filhos e procuram uma escola, por sua vez, devem se informar bem e conhecer a escola antes de tomar a decisão de matricular os filhos. Afinal, a educação é item importante na vida de todos os cidadãos.

"Para ser realmente indispensável, a escola deve encarnar os ideais do ensino para a vida e da orientação do ser em formação. Quando tais mesmos valores são compartilhados por família e escola, a sintonia torna o laço impossível de romper", acredita a pedagoga Elizabeth Leão Ferreira de Melo Lichotti, do Centro Educacional Mundo dos Baixinhos (Cemb), em São João de Meriti.

O Colégio Novação fica na R. Maria 91, Centro, Belford Roxo (tel.:2761-1352). Já o Cemb fica na R. Camila César 81, Centro de São João de Meriti (tel.: 3756-0176).

Comentários