Eles agora aceitam cartão de crédito

Parquímetros de Petrópolis passam a receber nova forma de pagamento. Em breve será no débito

Por O Dia

Primeiras unidades foram instaladas no Bingen. Até o fim do ano, 61 parquímetros estarão em operação
Primeiras unidades foram instaladas no Bingen. Até o fim do ano, 61 parquímetros estarão em operação - divulgação

Petrópolis dá início ao processo de instalação de novos parquímetros nas ruas da cidade. A novidade é que os equipamentos agora passam a aceitar cartão de crédito como forma de pagamento bandeiras Visa e Master. As primeiras unidades foram colocadas no Bingen. Pelo cronograma da prefeitura, até o fim de 2017 todas as 61 máquinas estarão devidamente instaladas. Elas, no entanto, continuarão aceitando moedas e os cartões recarregáveis.

De acordo com a prefeitura, todos novos parquímetros estão equipados com softwares e sistemas de segurança para evitar fraudes. E com o objetivo de facilitar a vida dos motoristas, além dos cartões de crédito, também estão sendo realizadas negociações junto às operadoras para que sejam aceitos pagamentos com cartões de débito. Para tanto, é preciso criar novos padrões de segurança, já que a operação é realizada diretamente na conta do usuário.

Como lembra o diretor da CPTrans, Maurinho Branco, foram vários meses de negociações junto às empresas SinalPark, que opera o sistema, e a Digicon, responsável pela produção dos parquímetros. O objetivo, é claro, era encontrar uma maneira de ampliar a forma de pagamento do estacionamento rotativo da Cidade Imperial.

"Após muita negociação, conseguimos com as bandeiras autorização para que o pagamento fosse oferecido com o cartão de crédito. Acreditamos que essa forma será mais uma para poder beneficiar o usuário do rotativo, que não ficará preso à utilização de moedas. Ainda assim, vamos continuar buscando outras alternativas para facilitar a utilização do serviço", explica o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

Comentários