Mais Lidas

Brasil tem mais seis mortes por febre amarela confirmadas

Casos foram registrados em Minas Gerais, três deles na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Vítimas tem entre 33 e 51 anos

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Conteúdos no Youtube e Pinterest antivacina provocam estragos na saúde pública
Conteúdos no Youtube e Pinterest antivacina provocam estragos na saúde pública -

Minas Gerais - Foram confirmadas, nesta quarta-feira, seis mortes por febre amarela em Minas Gerais. O balanço da Secretaria de Estado de Saúde considera registros a partir de julho de 2017. Dos sete casos confirmados da doença no período, em apenas um o paciente foi curado. Os registros são de pessoas que não haviam tomado a vacina e com idades entre 33 e 51 anos.

Entre as mortes registradas em Minas Gerais, três ocorreram em Nova Lima e Brumadinho, municípios da região metropolitana de Belo Horizonte. O Estado ainda investiga dez relatos de infecção pelo vírus da febre amarela. Em 21 municípios mineiros, foram encontrados macacos mortos por causa da doença.

O Estado estima que oito em cada 10 pessoas estejam vacinadas, mas, em 42% dos municípios, a cobertura vacinal ainda não chega a 80%

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários